CRI Minas Brisa

Informações Cetip Títulos CRI

Cód. IF: 21I0912120
ISIN: BROSECCRI148
Emissor: Ourinvest Sec
Ag. Fiduciário: Fram Capital
N. Emissão: 0001
N. Série: 0046
Data Emissão: 24/09/2021
Data Vencimento: 23/09/2026

Qtde Emitida: 85.700
Preço Unitário na Emissão: R$ 1.000,00
Volume na Emissão: R$ 85.700.000,00
Indexador: IPCA+
% Tx. Flutuante: N/A
Taxa Juros / Spread: 7,50%
Data Final de Distribuição: 15/03/2022
Amortização: Percentual variável, períodos variáveis(datas imputadas), sobre valor remanescente

Informações CETIP NoMe

Data de Início da Rentabilidade: 04/10/2021
Possibilidade de Resgate Antecipado? Sim.
Garantia Flutuante: Não.
Regime Fiduciário: Sim.
Destinação do Recurso (Lei 12.431): Não.
Tipo de Lastro: Corporativo
Lastro (Devedor): Minas Brisa Empreendimentos Imobiliários Ltda.
Classificadora de Risco: N/A
Rating: N/A
Núm. Registro na CVM: Dispensa ICVM 476/09

Registro Definitivo: Sim
Esforço Restrito: Sim
Data do Registro Provisório: N/A
Data do Registro Definitivo: 01/10/2021
Título Sustentável: Não
Certificado: N/A
Data de Validade da Certificação: N/A
Periodicidade de Correção: Mensal
Critério de Cálculo de Juros: 360 – número dias corridos entre a data de início ou último pagamento e o próximo
Incorpora Juros: Não
Tipo de Série: N/A


Informações Lâmina ANBIMA – Emissão

Código da Oferta: 1616
Coordenador Líder: Ativa
Valor Total da Oferta: R$ 87.700.000,00
Tipo de Categoria: Residencial
Concentração: Concentrado
Tipo de Contrato: CCB
Segmento: Apartamentos ou Casas
Originador do Crédito: MINAS BRISA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA.
Devedor: MINAS BRISA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA.

Informações – Termo de Securitização e Outros Documentos da Emissão

Defasagem Indexador – M-2
Possui Cascata de Pgto Sequencial: Não
Remuneração Mensal da Securitizadora: R$ 3.950,00
Periodicidade e Índice de Correção da Remuneração da Securitizadora: Anual / IPCA
Remuneração Anual do Agente Fiduciário: R$ 16.000,00
Periodicidade e Índice de Correção da Remuneração do Agente Fiduciário: Anual / IPCA

Fotos da Visita – 03/10/2021

Fluxograma Emissão

Fluxograma Pagamento do CRI

Características Aquisição do CRI

Data 1a Aquisição: 08/10/2021
Indexador: IPCA+
Taxa Juros: 7,50%
Comprou na Curva? Sim
Quantidade Atual de CRIs: 150
% da Emissão do CRI: 0,18%
Vota Sozinho na Assembleia: Não
% do PL na Aquisição: 1,12%
Rating Interno: AA-
Periodicidade de Reavaliação: 6 meses

Data Último Comitê: 15/09/2021
Data Próximo Comitê: 15/03/2022
Originado por: Terceiros
Analisado por: Felipe Ribeiro / Thales Vianna
Última visita ao empreendimento: 03/10/2021
Outros FII que divulgaram que possuem este CRI em seu Relatório Gerencial: OUJP11 , RBHG11,
Limite Alocado: Limite 1 – AF de Bens Móveis
% do limite alocado: 1,12%

Rating Interno no Momento da Aquisição

Informações Atualizadas – JANEIRO/2022

Fatores de Risco – Termo de Securitização

Riscos Relacionados Ao Ambiente Macroeconômico
Política Econômica do Governo Federal; Efeitos da Política Anti-Inflacionária; Alterações na legislação tributária do Brasil poderão afetar adversamente os resultados operacionais da Emissora e da Devedora; Política Monetária; Ambiente Macroeconômico Internacional; Risco decorrente da pandemia de COVID-19

Fatores de Risco Relacionados ao Setor de Securitização Imobiliária
Recente desenvolvimento da securitização imobiliária pode gerar riscos judiciais aos Investidores; Não existe jurisprudência firmada acerca da securitização, o que pode acarretar perdas por parte dos Investidores; Os Créditos Imobiliários constituem o Patrimônio Separado, de modo que o atraso ou a falta do recebimento dos valores decorrentes dos Créditos Imobiliários, assim como qualquer atraso ou falha pela Emissora, ou a insolvência da Emissora, poderá afetar negativamente a capacidade de pagamento das obrigações decorrentes dos CRI; Não realização adequada dos procedimentos de execução e atraso no recebimento de recursos decorrentes dos Créditos Imobiliários; Risco de pagamento das despesas pela Devedora

Fatores de Risco Relacionados à Emissora
Emissora dependente de registro de companhia aberta; Não realização do Patrimônio Separado; Não aquisição de créditos do agronegócio e/ou imobiliários; Administração e desempenho; A Emissora poderá estar sujeita à falência, recuperação judicial ou extrajudicial; Risco Operacional.

Fatores de Risco Relacionados à Devedora e aos Garantidores
A capacidade da Devedora de honrar suas obrigações; Perda de pessoal importante; Risco de Concentração; Risco Referente à garantia de Aval; Risco relacionado ao(s) Avalista(s) pessoa(s) física(s).

Fatores de Risco Relacionados aos CRI e à Oferta
Risco de liquidez dos Créditos Imobiliários; Risco de Crédito; Riscos Relativos ao Inadimplemento e Descontinuidade; Risco relacionado ao quórum de deliberação em Assembleia; Riscos Financeiros; Risco da ocorrência de eventos que possam ensejar o inadimplemento ou determinar a antecipação dos pagamentos; Risco Estrutural; Risco em Função da Dispensa de Registro; Risco de amortização extraordinária ou resgate antecipado; Baixa Liquidez no Mercado Secundário; Restrição à negociação; Risco da existência de Credores Privilegiados; Riscos relacionados à Tributação dos CRI; Risco da ocorrência de eventos que possam ensejar o inadimplemento ou determinar a antecipação dos pagamentos; Riscos Relativos à Responsabilização da Emissora por prejuízos ao Patrimônio Separado; Risco relacionado à dependência de deliberação em Assembleia de investidores para decretação do vencimento antecipado; Riscos de Insuficiência das Garantias; Risco de não Formalização dos instrumentos de constituição das Garantias; Risco de Auditoria Legal com Escopo Limitado; Risco de Desapropriação de Imóvel; Risco Decorrente de Discussões Judiciais; Demais riscos

Fatores de Risco mais importantes na análise do Gestor e Consultor Imobiliário

Risco de Crédito da Devedora
O risco de crédito da devedora é mitigado via acompanhamento do desenvolvimento da obra, vendas, preço de vendas e distrato. Na visão do Gestor e do Consultor Imobiliário são fatores mitigantes visto que a operação embora seja corporativa e concentrada é “baseada” nos mais de 70% já desenvolvidos das obras e nos X% de vendas já realizados. O Empreendimento fica na cidade de Nova Lima, literalmente na divisa com BH (a rua em que fica é onde está o limite entre os municípios), parte nobre da cidade de BH. Os recebíveis que já existem já pagam o total da dívida do CRI e os recursos para concluir a obra ficarão sob administração da Securitizadora sendo liberados conforme condições precedentes.

Risco de Obras
O risco de obras é mitigado via o já alto nível de obras realizadas acrescido que o valor para conclusão das obras ficará retido na securitizadora. De tal maneira que é necessário acompanhar mensalmente o andamento do cronograma físico financeiro da obra.

Risco de performance das vendas e distrato
O risco de vendas e distrato influencia tanto o estoque (unidades disponíveis para venda) quando os recebíveis, de tal maneira que o acompanhamento mensal destes dados é necessário para verificar as razões de garantias, mas também o futuro e continuidade do sucesso do empreendimento.

Agente Fiduciário – Link
Securitizadora – Link
Site da Empresa (Minas Brisa) – Link
Site do Empreendimento – Link

Relatórios
2021
31/10/2021 – Relatório Securitizadora – Link

31/12/2021 – Anexo 32 – Link
30/11/2021 – Anexo 32 – Link
31/10/2021 – Anexo 32 – Link
30/09/2021 – Anexo 32 – Link