CRI RZK Solar 01

Informações Cetip Títulos CRI

Cód. IF: 21K0637078
ISIN: BRIMWLCRIA91
Emissor: Virgo Sec
Ag. Fiduciário: Simplific Pavarini
N. Emissão: 0004
N. Série: 0390
Data Emissão: 03/12/2021
Data Vencimento: 18/11/2031

Qtde Emitida: 56.000
Preço Unitário na Emissão: R$ 1.000,00
Volume na Emissão: R$ 56.000.000,00
Indexador: IPCA+
% Tx. Flutuante: N/A
Taxa Juros / Spread: 7,70%
Data Final de Distribuição: 27/04/2022

Informações CETIP NoMe

Data de Início da Rentabilidade: 09/12/2021
Possibilidade de Resgate Antecipado? Sim
Garantia Flutuante: Não
Regime Fiduciário: Sim
Destinação do Recurso (Lei 12.431): Não
Tipo de Lastro: Corporativo
Lastro (Devedor): RZK SOLAR 01 S.A.
Classificadora de Risco: N/A
Rating: N/A
Núm. Registro na CVM: Dispensa ICVM 476/09

Registro Definitivo: Sim
Esforço Restrito: Sim
Data do Registro Provisório: N/A
Data do Registro Definitivo: 09/12/2021
Título Sustentável: Não
Certificado: N/A
Data de Validade da Certificação: N/A
Periodicidade de Correção: Mensal
Critério de Cálculo de Juros: 252 – número dias úteis entre a data de início ou último pagamento e o próximo
Incorpora Juros: Não
Tipo de Série: N/A


Informações Lâmina ANBIMA – Emissão

Código da Oferta: N/A
Coordenador Líder: N/A
Valor Total da Oferta: N/A
Tipo de Categoria: N/A
Concentração: N/A
Tipo de Contrato: N/A
Segmento: N/A
Originador do Crédito: N/A
Devedor: N/A

¹Informações da Lâmina ANBIMA não disponíveis até o dia 31/12/2021

Informações – Termo de Securitização e Outros Documentos da Emissão

Defasagem Indexador – M-2
Possui Cascata de Pgto Sequencial: Não
Remuneração Mensal da Securitizadora: R$ 2.800,00
Periodicidade e Índice de Correção da Remuneração da Securitizadora: Anual / IPCA
Remuneração Anual do Agente Fiduciário: R$ 18.000,00
Periodicidade e Índice de Correção da Remuneração do Agente Fiduciário: Anual / IPCA

Fluxograma Emissão

Fluxograma Pagamento do CRI

Características Aquisição do CRI

Data 1ª Aquisição: 09/12/2021
Indexador: IPCA+
Taxa Juros: 7,70%
Comprou na Curva? Sim
Quantidade Atual de CRIs: 50
% da Emissão do CRI: 0,09%
Vota Sozinho na Assembleia: Não
% do PL na Aquisição: 0,38%
Rating Interno: XXX
Periodicidade de Reavaliação: 6 meses

Data Último Comitê: 06/12/2021
Data Próximo Comitê: 06/06/2022
Originado por: Terceiros
Analisado por: Felipe Ribeiro / Thales Vianna
Última visita ao empreendimento: 23/12/2021
Outros FII que divulgaram que possuem este CRI em seu Relatório Gerencial: N/A
Limite Alocado: XXX
% do limite alocado: XXX

Fatores de Risco – Termo de Securitização

Riscos Relacionados Ao Ambiente Macroeconômico
Política Econômica do Governo Federal; Efeitos da Política Anti-Inflacionária; Instabilidade da taxa de câmbio e desvalorização do real; Efeitos da elevação da taxa de juros; Efeitos da retração no nível da atividade econômica; Efeitos da retração do investimento externo; Riscos Relativos ao Ambiente Macroeconômico Internacional; Alterações na legislação tributária do Brasil poderão afetar adversamente os resultados operacionais da Emissora e da Devedora; Eventual rebaixamento na classificação de risco (rating) do Brasil poderá acarretar a redução de liquidez dos CRI para negociação no mercado secundário; A percepção de riscos em outros países, especialmente em outros países de economia emergente, poderá afetar o valor de mercado de títulos e de valores mobiliários brasileiros, incluindo os CRI; O surto de doenças transmissíveis em todo o mundo pode levar a uma maior volatilidade no mercado global de capitais. Qualquer surto no Brasil ou no mundo pode afetar diretamente nossas operações.

Riscos Relacionados à Emissora
Manutenção do Registro de Companhia Aberta na CVM; A Administração da Emissora; A Importância de uma Equipe Qualificada; Originação de Novos Negócios ou Redução na Demanda Por Certificado de Recebíveis Imobiliários; Os Incentivos Fiscais para Aquisição de CRI; O Objeto da Companhia Securitizadora e o Patrimônio Separado; Riscos Relativos à Responsabilização da Emissora por prejuízos ao Patrimônio Separado; A Emissora poderá estar sujeita à falência, recuperação judicial ou extrajudicial.

Riscos da Operação
Desenvolvimento recente da securitização de Créditos Imobiliários; Não existe jurisprudência firmada acerca da securitização, o que pode acarretar peras por partes dos Investidores; Não realização adequada dos procedimentos de execução e atraso no recebimento de recursos decorrentes dos Créditos Imobiliários; Riscos relacionados à Tributação dos CRI; Eventuais Divergências na Interpretação das Normas Tributárias Aplicáveis; Risco de Concentração dos Créditos Imobiliários; Risco relacionado ao quórum de deliberação em Assembleia Geral; Baixa liquidez no mercado secundário; Restrição à negociação; Credores privilegiados; Não implementação da Condição Suspensiva relacionada aos Recebíveis no âmbito do Contrato de Cessão Fiduciária de Recebíveis; Riscos relacionados à insuficiência das Garantias; O Resgate Antecipado dos CRI pode gerar efeitos adversos sobre a Emissão e a rentabilidade dos CRI; Estrutura da Emissão; Risco de pagamento das despesas pela Devedora; Risco do acionamento de seguro pela Devedora em caso de sinistro; Demais riscos.

Riscos dos Créditos Imobiliários
Risco de Concentração e efeitos adversos na Remuneração e Amortização; Risco associado à contratação de Auditor Independente do Patrimônio Separado; Riscos associados à guarda dos documentos que evidenciam a regular constituição dos direitos creditórios vinculados aos CRI; Risco de resgate antecipado; Risco de Estrutura; Possibilidade do pagamento de despesas diretamente pelos Titulares dos CRI, no caso de insuficiência do Fundo de Despesa e do Patrimônio Separado.

Riscos Relacionados à Devedora
A capacidade da Devedora de honrar suas obrigações; Efeitos da alteração no regime fiscal;

Agente Fiduciário – Link
Securitizadora – Link
Site da Empresa (RZK Energia) – Link

Relatórios
2021
31/12/2021 – Anexo 32 – Link