Quatá Imob

Perguntas frequentes

É um Fundo de Investimento cuja característica principal é manter em seu portfólio cotas de outros fundos imobiliários, ainda que haja outros ativos exclusivamente derivados desta indústria.

Um das vantagens de um Fundo de Fundos Imobiliários está no fato de o investidor poder contar com uma carteira mais diversificada, devido à combinação de diferentes características dos Fundos Imobiliários investidos.

FoF (abreviatura de Fundo de Fundos) é um Fundo de Investimento Imobiliário, que realiza, neste primeiro semestre de 2021, sua segunda emissão de novas cotas, numa operação conhecida no mercado de capitais pelo termo follow on.

O FoF Quatá Imob já existe desde 2020, quando realizou sua primeira iniciativa de captação, por meio de uma oferta restrita, isto é, sem a possibilidade de distribuição de cotas para todos os perfis de investidores.

O nome “Quatá Imob” advém da consultoria imobiliária criada especificamente para esse fundo, cuja função é acompanhar essa indústria, dentro e fora do mercado de capitais, a fim de identificar boas oportunidades de ativos para recomendá-los à gestora do fundo: a Quatá Investimentos.

A Quatá Investimentos é uma gestora de recursos focada em ativos do mercado de crédito privado no Brasil. Há mais de dez anos, vem atendendo investidores que buscam uma rentabilidade para o seu patrimônio, por meio de aporte de recursos nos Fundos de Investimentos da gestora.

Simultaneamente, a Quatá Investimentos também atende às empresas, criando soluções financeiras sofisticadas e inteligentes usando operações de securitização no mercado de capitais.

Não. A Quatá Investimentos é uma asset que soma 13 anos de experiência na gestão de diversos portfólios na forma de Fundos de Direitos Creditórios (FIDCs), Fundos de Renda Fixa de Crédito Privado, Fundos Multimercado de Crédito Privado e outros – o que comprova o profundo conhecimento da asset no mercado de crédito brasileiro.

Desde 2008, a gestora conta com um time altamente qualificado para identificar os setores que melhor se beneficiarão do cenário macroeconômico brasileiro, participando, deste modo, na composição de suas carteiras.

A Quatá Imob é uma consultoria imobiliária que auxilia a Quatá Investimentos na análise dos melhores ativos do segmento imobiliário (cotas de FIIs, CRIs e outros), para recomendá-los ao portfólio do FoF. A Quatá Imob não é a gestora do fundo.

A carteira do fundo é gerida pela Quatá Investimentos. A Quatá Imob apenas identifica os melhores ativos imobiliários no mercado, de acordo com a política de investimentos do FoF, para informar a gestora.

Neste produto, a gestora Quatá Investimentos escolheu o índice IFIX, criado e divulgado pela Bolsa (B3).

A variação desse índice será usada pela gestora apenas como uma referência de performance da sua carteira, permitindo identificar o desempenho do FoF num determinado período.

Mas atenção: a escolha do IFIX  como parâmetro não significa, sob qualquer hipótese, a sugestão ou garantia de rentabilidade aos cotistas do FoF Quatá Imob

O portfólio do FoF terá ativos do segmento imobiliário, sobretudo cotas de outros FIIs, o que explica sua classificação como um “Fundo de Fundos”.

Além de FIIs, seu portfólio poderá conter Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), Letras de Crédito Imobiliário (LCI), Debêntures deste setor, FICDs e outros ativos, desde que sejam oriundos, exclusivamente, de atividades permitidas aos FIIs.

O processo tem início pela consultoria imobiliária Quatá Imob, responsável pela sugestão dos ativos que acredita serem beneficiados por conta de diversos fatores observados neste mercado no Brasil.

Selecionados pela consultora, esses ativos (cotas de Fundos Imobiliários, CRIs e outros) serão apresentados ao Comitê de Gestão da Quatá Asset, que discutirá, junto com a Quatá Imob, a estratégia da decisão de investimento da gestora do FoF.

Os ativos imobiliários elegíveis ainda terão de passar novamente pelo comitê da Quatá Asset, onde todos tem poder de veto, antes de chegar à alocação dos recursos. Durante todo esse processo, há um monitoramento constante para identificar o melhor momento de entrada e saída (trades) dos investimentos.

Além do ambiente macroeconômico (taxas de juros, inflação, por exemplo), os fatores analisados pela Quatá Imob incluem o comportamento do setor imobiliário, indicadores dessa indústria (taxa de vacância, novas entregas, valores de aluguel, por exemplo), monitoramentos da performance de FIIs e outros.

Para participar da oferta e adquirir as cotas de um FII, o investidor deverá procurar uma das instituições intermediárias (corretora, distribuidora ou banco de investimento) que estejam participando do consórcio de distribuição das cotas, para registrar o seu pedido de reserva.

Encerrada a oferta, o FII fecha para a captação e, após isso, a única forma de investir no fundo passa a ser por meio da compra de cotas no mercado secundário na bolsa de valores.

A partir deste momento, o investimento em FIIs acontece de forma semelhante à aquisição de ações de empresas listadas na B3: a compra pode ser feita diretamente pelo investidor via home broker ou com o envio de uma ordem para que a corretora (ou banco) possa comprar o ativo por você.